Testemunhos dos Expedicionários

Todas as informações, imagens captadas e experiências compartilhadas passaram pelas lentes daqueles que sem reservas tem se entregado à causa do coração de Deus. Trata-se dos valentes missionários que dispuseram não somente o tempo, mas seus corações para tocar e abençoar vidas. Destinamos as próximas linhas para compartilhar preciosos testemunhos das expedições realizadas no Sudão. Confira!

Sempre acompanhei meu esposa na busca de conhecer, envolver e interceder pelos pequeninos do Sudão. Eu não poderia ficar de fora vendo a oportunidade que Deus tem nos dado de participar do que está no Seu coração. Sinto que de mim mesma não há força, mas sei de uma coisa, o Senhor Deus suprirá toda condição necessária para eu ir e fazer o que Ele ordenar.

Deus me deu o Anézio, meu esposo, tenho estado com ele na maior parte das Expedições, temos um só coração, nutrimos dos mesmos pensamentos, estamos juntos sempre. Creio que Deus nos uniu para o Seu propósito e, quando não posso ir nas viagens, eu procuro facilitar a sua caminhada e não impedi-la.
“Levanta-te, clama de noite no princípio das vigílias; derrama como água o coração perante o Senhor; levanta a Ele as mãos, pela vida de teus filhinhos que desfalecem de fome à entrada de todas as ruas”. (Lm 2:19).
Eu estou de coração inteiro, ao lado do meu amado esposo para que os filhinhos de Deus sejam resgatados.

Bete Lobo Massuia

O despertar pela causa missionária começou em um culto da Comunidade Cristã de Ribeirão Preto, há mais de 10 anos, que o pastor José Dalmo, hoje servindo na Espanha, pregou sobre a importância de missões e do valor do chamado de Deus para cada um de nós.
Na oração final, ele disse: “Deus quer te dar um lugar específico como ministério! Se você quer ouvir então peça a Ele.” Eu orei e ouvi apenas uma palavra forte no meu coração: SUDÃO. SUDÃO? Eu nunca tinha visto nem ouvido falar este nome! É um país? Onde fica?

Fui pesquisar e descobri que se tratava de um país africano com grande extensão territorial e muitos desafios étnicos e culturais e que se tornou conhecido por conta do ‘massacre de Darfur’, um conflito armado que já matou mais de meio milhão de pessoas e à expulsão de mais de 2,5 milhão de mulheres e crianças.
O que eu poderia fazer por aquele povo?
Na semana seguinte, recebi uma revista da MCM com uma reportagem sobre o atendimento aos órfãos da guerra naqueles país. “É isto! Deus quer que eu abençoe este trabalho. Mas como, se eu não tinha conhecimento e recursos?”
Entrei em contato e fui direcionado a falar com o Pr. Anezio Massuia daqui mesmo de Ribeirão Preto. Eu tinha um apartamento que acabara de ser construído no Jardim Botânico, bairro nobre da cidade e me dispus a ofertar metade do valor para o trabalho no Sudão, caso conseguisse vendê-lo. Deus abriu a porta e fui o único proprietário que conseguiu vender um apartamento naquele empreendimento! 
O valor chegou na hora certa para reconstruir o local que abrigava os órfãos, que tinha sido destruído durante a guerra, a qual se expandiu culminando com a divisão do Sudão, criando um novo país chamado Sudão do Sul. 
Hoje, Deus fez o nome SUDÃO voltar a ecoar forte no meu coração, com um chamado urgente para desapegar de algumas atividades locais e me preparar para gastar mais tempo e recursos  no apoio à igreja no Sudão, em Moçambique e com as crianças do Sudão do Sul. 
Como resistir à necessidade daqueles milhares de órfãos e ao chamado do meu Senhor?

Josias Messias

(16) 3633-0130

R. Japurá, 1329 - Alto do Ipiranga, Ribeirão Preto - SP, 14055-100, Brasil